Análise das prescrições de antimicrobianos em uma unidade pública de saúde de um distrito da cidade de Muriaé (MG)

Juliana Maria de Souza PERCÍNIO, Juliana Maria Rocha e Silva CRESPO

Resumo


RESUMO: O estudo analisou a qualidade das prescrições de antimicrobianos de uma unidade pública de saúde, tendo como referência a RDC 20/2011. De acordo com as exigências legais, nenhuma das prescrições possuía dados completos do paciente; 57,8% possuíam identificação do prescritor; 97,9% possuíam dados da instituição; 98,6% possuíam data de emissão. O antimicrobiano mais prescrito foi a amoxicilina (57,8%). Conclui-se que nem todos os prescritores atendem às exigências da legislação vigente. A análise permite inferir dados farmacoepidemiológicos da população local.

Palavras-chave: antimicrobianos, prescrição, prescritor, legislação.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.