Incidência de Staphylococcus aureus em tetos de vacas leiteiras girolandas

Francisco Gonçalves COSTA, Letícia Pazotti Castro DIAS, Luigi Vilela MARIGO, Thailane Costa da SILVA, Fernanda Mara FERNANDES

Resumo


RESUMO: Verificou-se a incidência de S. aureus em tetos de vacas leiteiras girolandas em uma fazenda localizada na Zona da Mata mineira. A coleta foi realizada em 15 animais antes e depois da ordenha. Constatou-se a presença de S. aureus em 53,33% das amostras, sendo que 43,75% estiveram presentes antes da ordenha mecânica e 56,25% foram encontradas após a ordenha. Além disso, 5 amostras que não continham a bactéria antes da ordenha, apresentaram resultado positivo após o procedimento. Medidas preventivas devem ser adotadas, uma vez que a bactéria pode causar mastite nestes animais.

Palavras-chave: Staphylococcus aureus, contaminação, girolandas.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.