Análise microbiológica de polpas de frutas congeladas e industrializadas

Mariana Viana ALVARENGA, Leonardo Jacinto VIEIRA, Jandeli de Andrade Rosa SANTOS, Fernanda Mara FERNANDES

Resumo


Analisou-se as características microbiológicas de diferentes polpas de frutas industrializadas e comercializadas em um supermercado de Muriaé (MG). Foram analisadas 60 amostras de polpas de frutas congeladas e industrializadas de 6 sabores diferentes, comercializadas em um supermercado da cidade de Muriaé-MG. Foram determinados o pH das polpas de frutas, presença de coliformes totais e termotolerantes, e o crescimento de bolores e leveduras. O pH de todas as polpas mensurou o valor 3 (ácido). Em caldo BHI foram feitas diluições seriadas das amostras e após 24 horas de incubação, foram feitas as análises microbiológicas. Os tubos com turvação positiva foram submetidos à testes confirmativos para coliformes totais em caldo VB, onde observou-se positivação para as polpas de abacaxi, caju e morango em diluições a 10‾ ¹ (50%). Nenhuma amostra confirmou a presença de coliformes termotolerantes.  Os resultados sugerem falhas na produção deste alimento e alertam a possíveis danos à saúde dos consumidores.

Palavras-chave: polpas de frutas, coliformes, bolores, leveduras.


Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.